Logo Pró-Saber SP

Aprofundando um pouco mais sobre a “Tabela de Critérios”

Como utilizo e os resultados esperados na sistematização que desenvolvi para a escolha de livros na mediação de leitura para crianças.
histórias do Pró saber leitura mediação escolhas literárias

Lembrando a conversa anterior, a tabela de critérios é como o meu “GPS” na hora de escolher um livro e entender o impacto dessa escolha. Ela funciona como um filtro para a seleção de livros, sempre considerando os critérios que os livros atendem. Por exemplo, se eu já li muitos livros sobre animais, basta dar uma olhada na tabela (marcando ‘sim’ ou ‘não’ para os critérios) para me ajudar a variar um pouco e escolher algo diferente. À medida que os critérios se repetem, a tabela me guia para não ficar preso em um só tema e manter em mente o que ainda não explorei. Essa tabela se tornou meu parceiro inseparável para tornar minhas escolhas de leitura mais interessantes e cativantes para as crianças.

Além disso, ela me ajuda a analisar todos os livros que pretendo usar com mais cuidado. Ao finalizar minha análise do livro com a tabela, faço três perguntas:

  • O que esse livro tem de especial?
  • Por que estou escolhendo ele ou por que o grupo escolheu?
  • O que ele vai despertar nos leitores ou ouvintes?

Escolher um livro com critérios e intenções claras é importante, mas também é crucial entender as diferentes camadas do livro e como ele vai mexer com as crianças que vão ouvi-lo. Para responder a essas perguntas, utilizo as marcações na tabela, como “Capa Chamativa” ou “Bem ilustrado” – o que faz essa capa chamar a atenção? Isso pode ser um exemplo de “representatividade” – que tipo de representação está ali na capa?

Minhas intenções, seja para um grupo ou individualmente, são moldadas com base no meu estudo completo do livro usando a tabela de critérios. Às vezes, a intenção pode até surgir depois de analisar o livro a fundo. A tabela me ajuda a ver claramente os critérios que se destacam. Por exemplo, escolher um livro com representatividade, escrito por um autor negro e com ilustrações incríveis pode levar à intenção de promover a inclusão visual de personagens, dar voz ao autor e enriquecer a história com ilustrações artisticamente ricas.

E quanto à última pergunta, ela também encontra resposta através da análise com a ajuda da tabela. Pensando no exemplo da “Capa Chamativa”, essa capa pode provocar curiosidade, medo, reflexões, ou simplesmente enriquecer o repertório cultural dos leitores. Muitas ideias surgem das marcações “sim” na tabela e da análise minuciosa do livro.

Resumindo, a Tabela de Critérios se tornou uma ferramenta fundamental para aprimorar minha seleção de livros na mediação de leitura e proporcionar experiências enriquecedoras para as crianças na Biblioteca do Pró. Ela é como um amigo que me ajuda a fazer escolhas inteligentes e emocionantes. Começou como uma simples reflexão sobre como escolher livros, mas se transformou em um método organizado que considera cuidadosamente os critérios e intenções por trás de cada escolha de leitura.

A tabela me deixa mais preparado para responder às questões cruciais sobre os livros que escolho, permitindo que eu ofereça uma experiência de leitura diversificada, enriquecendo o vocabulário cultural, promovendo a inclusão e estimulando a curiosidade. E claro, ela me ajuda a não depender tanto da memória, porque ela não é confiável como uma tabela. 😂 

Estou constantemente explorando e aprimorando minha abordagem na mediação de leitura e brincadeiras, e espero que essa ferramenta continue a enriquecer a experiência de leitura das crianças, proporcionando-lhes um acesso significativo ao mundo dos livros.

Veja também

Foto de crianças e voluntários (adultos) na praia, com o texto "Notícias"