Logo Pró-Saber SP

Mais sabores

Quem disse que aprender a ler e a escrever é chato ou difícil?
Não é o que pensam os alunos no reforço do Pró Saber. Crianças entre 9 e 12 anos descobriram que a leitura e a escrita além de importantes para a vida de todos dentro e fora da escola, são atividades que podem ter gosto, cheiro e muito sabor.


É o que acontece nas aulas de culinária que estão fazendo duas vezes por semana. O foco dos encontros está na leitura e na escrita, fundamentais para a formação de sujeitos autônomos e cidadãos do mundo, e que acontecem de um jeito bem diferente daquele que estão acostumados na escola tradicional.
A culinária é apenas um pretexto para despertar o interesse e a motivação das crianças, e o resultado é visível: alunos mais atentos ao que lêem e escrevem, e prazer em aprender um pouco mais a cada dia. Sem medo de arriscar.
As aulas deram tão certo que o grupo de 8 alunos decidiu escrever um livro com as receitas e publicar para toda a comunidade escolar no final do ano.
O livro terá receitas trazidas de casa, como o Cookie do Gabriel e a torta salgada da Sara, até a receita preferida da Pamela: pão pão queijo queijo, retirada de outro livro de culinária que ela leu e adorou. Também há espaço para a literatura nas aulas, como a história do Pedro Malassartes e a sopa de pedra, que rendeu uma sopa saborosa e quentinha para aquecer os alunos no inverno. Até o Diego que não gostava de sopa provou, gostou e repetiu.

Veja também